Teologia Cristã

HOMILÉTICA

Formação de Pregadores

Olá! Tudo bem?

Neste artigo do blog vamos tratar da aula 3 da nossa SEMANA DO PREGADOR.

Se você não recebeu a aula 1 e 2 clique aqui:

AULA 1 AQUI!

AULA 2 AQUI!

CURSO COMPLETO DE PREGADORES – AQUI

Esta agora é também uma aula prática, para você poder usar o conhecimento que vou disponibilizar aqui, ok?

Dividiremos esta aula em dois capítulos:

* TIPOS DE SERMÃO;

* ESBOÇO DE CADA TIPO DE SERMÃO.

Vamos lá?

* TIPOS DE SERMÃO:
A Homilética é a arte ou ciência de pregar. Um dos assuntos chaves da Homilética é o Sermão. Sermão é o ato de levar a mensagem para o ouvinte, mas também entende-se por Sermão a própria mensagem em si.
Contudo, a Homilética divide o sermão em três tipos:
– SERMÃO TEMÁTICO;
– SERMÃO TEXTUAL;
– SERMÃO EXPOSITIVO.
SERMÃO TEMÁTICO:
É aquele desenvolvido a partir de um tema, não precisando se prender a um texto só ou história ao elaborar os subtópicos.
SERMÃO TEXTUAL:
É aquele desenvolvido a partir do texto bíblico não grande. Os subtópicos são extraídos diretamente do texto principal.
SERMÃO EXPOSITIVO:
É aquele desenvolvido a partir da exposição de um texto maior do que o que acontece no sermão textual. Geralmente uma história.
* ESBOÇO DE CADA TIPO DE SERMÃO:
Agora vou te entregar o “ouro” e a partir dos exemplos abaixo, você poderá criar seu próprio sermão.
De um mesmo texto, vou extrair três esboços: um temático, um textual e outro expositivo, para que você entenda mais a fundo e veja na prática como se faz e desta vez incluir subtópicos.
O texto escolhido DE NOVO é:
“Porque Deus amou o mundo de tal maneita que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna (Jo 3:16.)”
ESBOÇO DE SERMÃO TEMÁTICO:
O AMOR DE DEUS (Jo 3:16)
1- É sem limites:
1.1- Porque deu o próprio Filho.
1.2- Foi morte de cruz.
1.3- Ele era inocente.
2- É comprovado:
2.1- Porque não merecemos.
2.2- Mesmo assim nos amou.
2.3- Entregou o seu perdão.
3- É disponível:
3.1- Porque a salvação é pela Fé.
3.2- Podemos aceita-lo.
3.3- Podemos ser aceitos por Ele.
EXPLICAÇÃO: DESENVOLVÍ O ESBOÇO A PARTIR DO TEMA.
ESBOÇO DE SERMÃO TEXTUAL:
O AMOR DE DEUS (Jo 3:16)
1- Detalhes sobre o amor de Deus:
1.1- É o grande porquê de Deus;
1.2- É de “tal” maneira;
1.3- Amou o mundo inteiro.
2- Provas do amor de Deus:
2.1- Deu o próprio Filho.
2.2- Era o único Filho.
2.3- Disponibilizou para qualquer pessoa.
3- Propósitos do amor de Deus:
3.1- Salvar todos de creem.
3.2- Livrando da perdição.
3.3- Dando a vida eterna.
EXPLICAÇÃO: DESENVOLVÍ O ESBOÇO A PARTIR DE CADA FRASE E ATÉ MESMO PALAVRAS DO VERSÍCULO.
ESBOÇO DE SERMÃO EXPOSITIVO:

O AMOR DE DEUS (Jo 3:16)

1- Manifestado na eternidade passada (Jo 1:1-3):
1.1- Quando Jesus disse “envia-me a mim”.
1.2- Através da presciência de Deus.
2- Manifestado no Tempo dos homens (Jo 1: 10, 14, 16) :
2.1- Quando o Verbo se fez carne.
2.2- Morreu por nós.
3- Manifestado na eternidade futura (Jo 1: 12, 17):
3.1- Voltará para nos buscar.
3.2- Nos dará a vida eterna.

EXPLICAÇÃO: DESENVOLVÍ O ESBOÇO A PARTIR DE UM ENREDO EM TORNO DO TEMA. O EXPOSITIVO TAMBÉM PODE SER A EXPLICAÇÃO DE UM TEXTO NÃO PEQUENO. NESSE CASO EXPLOREI QUASE O CAPÍTULO INTEIRO.

Então é isso. É muito importante você dominar esses assuntos chaves da Homilética.

PS.: Estou abrindo vagas para o CURSO COMPLETO DE FORMAÇÃO DE PREGADORES, onde terão essas aulas e muito, muito mais, para caso você queira continuar aprendendo. Não se preocupe que uma incrível promoção e muitos bônus serão disponibilizados.  Se você gostou deste mini-curso, imagina então o curso completo, com muito mais vídeos-aula, apostilas, minha tutoria particular, enfim… PARA MAIS INFORMAÇÕES, CLIQUE NO LINK ABAIXO:

CURSO COMPLETO DE PREGADORES – AQUI

Mas então, você gostou desta aula?

Preparei com muito carinho para você.

Comente abaixo! Deixe sua sugestão e dúvida, esta é a tarefa desta aula. (Pr. Elvys Tierney)

Promoted Post

Sponsored Post Learn from the experts: Create a successful blog with our brand new courseThe WordPress.com Blog

WordPress.com is excited to announce our newest offering: a course just for beginning bloggers where you’ll learn everything you need to know about blogging from the most trusted experts in the industry. We have helped millions of blogs get up and running, we know what works, and we want you to to know everything we know. This course provides all the fundamental skills and inspiration you need to get your blog started, an interactive community forum, and content updated annually.

Teologia Cristã

EXISTEM ERROS NA BÍBLIA?

images (3)

Shalom! Tudo bem?

Preparei um mini-artigo explicando essa situação, se a Bíblia tem ou não erros e contradições. É um assunto que muitas questionam, não é? Se você gosta de estudar TEOLOGIA, CURSOS BÍBLICOS e relacionados, cadastre-se abaixo para receber gratuitamente este estudo.

Prof Elvys Tierney – Especialista em Psicopedagogia, Cultura Teológica e Ensino Religioso nas Escolas.

👇👇👇👇

 

FB_IMG_1544282475482

Sem categoria

BEM-AVENTURADO

A paz, meus irmãos!
Você com certeza já ouviu a palavra bem-aventurado na Bíblia diversas vezes, principalmente em Mateus que aparece no capítulo 5 deste livro. Aprendemos que aqueles que são bem-aventurados, são aquelas pessoas felizes, que desfruta da felicidade. Isso é verdade, porém, há um significado muito mais profundo que ser apenas feliz.
O que é ser aventurado? Se aventurar nada mais é do que correr riscos e enfrentar desafios ou problemas. Quando estamos diante de uma aventura, não sabemos o que vai acontecer em seguida, porque há muitos riscos que irão surgir e consequentemente o resultado é desconhecido. A Bíblia também fala que iremos passar por problemas constantemente nesse mundo, como é descrito em João 16:33.
Mas Deus nunca irá deixar que a gente viva aventuras sem nós sabermos o que vai acontecer, e é aí que entra a palavra bem para juntar-se ao aventurado. Logo, o bem-aventurado é aquele que passa por problemas sabendo que a vitória é certa sobre as aflições desse mundo.
Aqueles que são escolhidos por Deus e justificados pela fé em Jesus Cristo são mais que vencedores, independentemente de perseguição, aflições, tribulações e ninguém pode nos separar do amor de Cristo, pois se Deus é por nós, quem será contra nós?
Há outra mensagem muito importante que a palavra bem-aventurado nos ensina. Veja em Salmos 1:1. Aqui diz que bem-aventurado é aquele que não anda segundo o conselho dos ímpios, pois quem vai por esse caminho passa por aventuras que não serão boas no final. E como eu havia dito anteriormente, para ser bem-aventurado é preciso passar por todas as tribulações obedecendo as doutrinas de Cristo Jesus, porque já sabemos que ele estará conosco em todos os momentos e o caminho da vitória já está garantido.
Por isso meus irmãos, sejamos em todos os momentos bem-aventurados em Jesus Cristo crendo que nenhuma condenação há para aqueles que escolhem servir a Deus como nosso Senhor, pois nenhum mal será capaz de nos separar do amor de Cristo.

Autor: prof. Elvys Tierney / Redator-escritor: Lucas Freitas

Estudo Bíblico, Teologia Cristã

INICIATIVA SÓ NÃO BASTA

images (3)-1
INICIATIVA SÓ NÃO BASTA
Muitas vezes ouvimos palavras dizendo que o segredo do sucesso é começar, é dar o primeiro passo, é ter iniciativa. Mas na verdade só isto não basta, esta que é a verdade!
Talvez mais importante que ter iniciativa, seja ter “ACABATIVA” (conclusiva). 
Quantas pessoas começam algo e não terminam? Nadam, nadam e morrem na praia? Caem de cabeça em prol dos seus sonhos, mas as dificuldades as fazem desistir?
Por isso, não basta apenas ter iniciativa, mas também “acabativa”, ou seja, acabar o que começou, ir até o fim, concluir; ir até o final e vencer. 
Analisando a Bíblia, vejo que ela ensina o princípio que estou falando nesta mensagem, veja: 
Mt 24:13: Aquele que perseverar até o fim será salvo…
Zc 4:10: Não desprezes o dia dos começos humildes…
 Ecl 7:8: Melhor é o fim das coisas do que o começo…
Salmos 126: 5, 6 conta uma história, segundo a Bíblia de Estudo Dake, de um homem que semeou na terra e nada produziu. Então, frustrado e em lágrimas, ele não desiste e lança todo o resto de semente que tem. Deus vê seus esforços e lhe concede uma poderosa colheita, o qual volta cantando de alegria. 
Esta história ensina sobre a persistência, sobre não desistir e sempre tentar outra vez, mesmo depois de um fracasso.
Portanto, começou? Lute, termine, vá até o fim, sofra as dores das etapas e usufrua os benefícios da conquista. Leia também: Mc 4:16-19 (Pr.  Elvys Tierney).
Quer receber aulas grátis de teologia?
Cadastre-se pelo link abaixo:
Estudo complementar:
Sem categoria

AULA DE HERMENÊUTICA

HERMENÊUTICA.

Hermenêutica é uma ciência que mostra técnicas de interpretação. Portanto, a Hermenêutica Bíblica trata da o interpretação do texto Bíblico.

Na aula 1 eu mostro duas técnicas importantes da Hermenêutica Bíblica, que são:

1- Análise do contexto imediato da Bíblia;

2- E análise do contexto amplo ou geral da Bíblia.

Como é Isso?

1- Análise do contexto imediato é analisar o que exatamente antes e depois do texto que você está lendo. Isso ajuda a entender o texto.

2- Análise do contexto geral é você analisar o que outros livros e autores falam sobre o assunto do texto que se está estudando.

Existem muitas outras técnicas que trato na apostila do curso completo. Mas espero que essas te ajudem a avançar no entendimento Bíblico.

VÍDEO AULA 1 – CLIQUE AQUI!

Sem categoria

CURSO DE FORMAÇÃO DE PREGADORES (COM TITULAÇÃO DUPLA)

CURSO DE FORMAÇÃO DE PREGADORES (COM TITULAÇÃO DUPLA)
CONTEÚDO:
1- Homilética:
-Como criar uma mensagem bíblica
-Como criar esboço
-Tipos de Sermão
-Conselhos para o pregador
-Outros

2- Hermenêutica e Exegese:
-Diferença entre Hermenêutica e Exegese
-Ferramentas úteis para interpretação Bíblica
-Princípios para Interpretação Bíblica
-Tipologia Bíblica
-Outros

3- Oratória:
-Sobre o uso da voz
-Ancoragem
-Elementos da comunicação
-Enfrentando o medo de falar em público
-Outros

4- Português:
-A importância de conhecer a língua materna
-Dicas para falar
-Técnicas para escrever
-Outros

5- Mensagens prontas:
-Esforça-te
-O descrédito ministerial
-O chamado divino
-O Azeite na Cabeça
-Outros

6- Capelania plena (bônus):
-Serviços da capelania
-A legalidade da capelania
-Tipos de capelania
-Conduta do capelão
-Outros

FORMAÇÃO DE PREGADORES – CLIQUE AQUI!

Neste curso, o formando vai receber DOIS DIPLOMAS, DOIS HISTÓRICOS E DUAS CREDENCIAIS DIGITAIS (Pelo correio terá uma taxa a mais), ou seja, documentos para o curso de Formação de Pregadores e também para o curso de Capelania e MAIS…

Vai receber DOIS TÍTULOS:

-PREGADOR DO EVANGELHO
-CAPELÃO

Ainda, terá a tutoria do professor para elaborar uma mensagem Bíblica, desde a interpretação do texto à criação do esboço.

O curso terá módulos em PDF, atividades e vídeos aulas também, além do acompanhamento do professor sempre que precisar. Carga horária total do curso: 600h.

Chegou a hora de seu GRANDE SONHO de se tornar um pregador se realizar! Não perca esta oportunidade!

ACESSE O CURSO CLICANDO NO LINK ABAIXO:

FORMAÇÃO DE PREGADORES – CLIQUE AQUI!

Whatsapp: 71983784882
E-mail: contato@institutoedukar.com.br

VAMOS QUE VAMOS!

Teologia Cristã

CFP – CURSO DE FORMAÇÃO DE PREGADORES

Olá, tudo bem?

Responda as perguntas abaixo para me ajudar a preparar o CFP – CURSO DE FORMAÇÃO DE PREGADORES, que será lançado em breve. Sua opinião é muito importante para mim. Obrigado.

Escreva suas respostas lá nos comentários:

1- Qual a sua maior dificuldade na área da pregação?

2- O que mais você gostaria de aprender em um CFP – CURSO DE FORMAÇÃO DE PREGADORES?

3- Qual o formato de curso online você mais gosta: com apostilas, com vídeos, ou com ambos?

A PARTE DOS COMENTÁRIOS ESTÁ LÁ EMBAIXO, DEPOIS DOS ANÚNCIOS:

👇👇👇

 

 

Estudo Bíblico, Teologia Cristã

O PECADO QUE NÃO TEM PERDÃO

O PECADO QUE NÃO TEM PERDÃO
(Marcos 3: 28-30)
Nessa passagem (Mc 3:28,29) Jesus revela que existe um pecado que não tem perdão: A BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO SANTO.
Jesus chega a dizer que se blasfemar dEle ou de Jeová tem perdão, mas do Espírito Santo não tem.
A blasfêmia contra o Espírito Santo é uma rejeição e perseguição voluntária, intencional e pejorativa ao agir de Deus. Não é uma fala isolada, é um comportamento praticado por quem já experimentou o seu poder, mas agora quer pisar ou se opor ao Espírito de Deus. Esses homens que Jesus repreendeu já estavam com esse comportamento a muito tempo, mesmo sabendo que Jesus era um homem bom e enviado do Pai. Eles agiam assim para não perder privilégios políticos, mesmo sabendo quem era Jesus.
Blasfêmia contra o Espirito também é um comportamento de atribuir ao diabo, uma obra que é do Espírito Santo, conscientemente, por motivos quaisquer. Mc 3:30.
Esse assunto é muito importante porque nos mostra que:
1- O Espírito Santo é uma pessoa, diferentemente do que ensinam por aí que Ele é meramente uma força, vento ou energia somente. Pois como pode uma energia nesse caso de blasfêmia, ter mais importância que Jesus e o Pai?
2- O Espírito Santo é sensível, veja: Ef 4:30; Tg 4:5;
3- O Espírito Santo, Jesus e o Pai são pessoas distintas, caso contrário Jesus não falaria assim.

ESBOÇO DA MENSAGEM:

Título: O pecado que não tem perdão

Introdução: Existe um pecado que não tem perdão, a Blasfêmia contra o Espírito Santo.

1- O que é blasfemar contra o Espírito Santo?

1.1- É uma rejeição e perseguição consciente ao Espírito de Deus;

1.1- É atribuir ao diabo uma obra que é do Espírito de Deus.

2. O que isto me faz aprender sobre o Espírito Santo?

2.1- Que Ele é uma pessoa;

2.2- Que Ele é sensível;

2.3- Que Ele é distinto do Filho e do Pai.

Conclusão: Revisar e Chamar para uma ação.

QUER FAZER UM CURSO COMPLETO DE FORMAÇÃO DE PREGADOR?

CLIQUE NO LINK ABAIXO PARA MAIORES INFORMAÇÕES:

CURSO COMPLETO DE PREGADORES – AQUI

Sem categoria

ENTREGA PLENA A DEUS

Entrega Plena

Uma condição muito importante que Deus quer de nós é desejarmos nos entregar plenamente à Ele. Mas o que isso quer dizer?

Quando dizemos que entregamos nossa vida a Jesus, significa que nós o reconhecemos como nosso único Salvador, o único digno de adoração e o único a quem devemos servir (Mateus 4:10). Isso quer dizer que não devemos ter em nossas vidas algo mais importante que Deus ou algo tão importante quanto Ele, porque ‘’Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro’’ (Mateus 6:24).

E quando temos algo mais importante que Deus, estamos sendo idólatras e isso Deus não tolera pois está escrito que estes serão lançados no lago de fogo e enxofre (Apocalipse 21:8).

Devemos seguir o exemplo de pessoas que agiram com toda integridade e fidelidade para com Deus, como Abel que entregou seu melhor cordeiro, como Abraão que havia de entregar seu único e amado filho Isaque e também como o próprio Deus que entregou seu filho Jesus para nos salvar do pecado.
Todos eles deram o seu bem mais precioso e devemos agir como eles, entregando nossa vida para Cristo, pois Deus nos deu a vida eterna que está em Jesus e quando temos o Filho de Deus, temos a vida e quando não temos o Filho de Deus, não temos a vida. (1 João 5:12-13).

Portanto, é hora de escolher entregar plenamente a nossa vida a Deus, reconhecer como único Senhor e abrir mão de tudo que possa tomar o lugar de Deus.

Sem categoria

O INFERNO

ESTUDO SOBRE O INFERNO

Existem muitas teorias sobre o assunto do Inferno. Há quem defenda que a idéia do Inferno, somada a ideia do purgatório, não passa de uma criação da Igreja Católica na Idade Média com objetivo de controlar pelo medo.

Atualmente, os Testemunhas de Jeová defendem que o Inferno é a sepultura e nada mais, uma vez que acreditam que quando a pessoa morre sua alma deixa de existir, ou seja, não acreditam na imortalidade da alma.

Contudo, ao analisar mais a fundo as Sagradas Escrituras, percebemos que o conceito de Inferno pode ter aplicações diferenciadas de acordo com cada contexto em que as palavras Sheol ou Hades aparecem. Sheol é um termo advindo do hebraico e Hades vem do grego e ambas remetem ou a sepultura ou a um mundo dos mortos onde ficam ou ficaram as almas aprisionadas.

A partir desta compreensão, percebe-se que a Bíblia, além de usar o termo Sheol referindo-se à sepultura, ora direta, ora indiretamente, demonstra também a existência desse mundo dos mortos para onde vão as almas.

Vejamos por exemplo no Velho Testamento Isaías 14. Quando lemos este capítulo, percebemos que texto menciona consciência aos habitantes do inferno. Sabe-se porém, que para muitos exegetas, esta atribuição de consciência a estes habitantes não passa de uma figura de linguagem.

Quando lemos o Novo Testamento, encontramos a parábola do Rico e do Lázaro em Lucas 16, onde Jesus cita a existência do Hades e de “habitantes conscientes” representados pelo Rico. Sabe-se também, contudo, que para muitos exegetas não se deve basear e fundamentar doutrinas em parábolas. Porém, as parábolas de Jesus parecem ser citadas a partir de situações que realmente ocorrem, ou seja de fatos reais, tais como a parábola do semador e das dez virgens por exemplo, onde se sabe que a prática da semeadura e os tipos de solos realmente existiam, bem como azeite em candeias e o formato do casamento onde quem chegava depois era o noivo. Pedro, em sua carta também cita espíritos que estavam em prisões (IPd 3:19).

Diante destas análises, é possível concluir que realmente exista um lugar intermediário onde as almas daqueles que morreram sem Cristo deverão ir e permanecer até o dia do Grande Trono Branco.

Gostou deste estudo?
Retorne com o seu depoimento.

Instituto Edukar.
Sem categoria

INTRODUÇÃO À TEOLOGIA

Introdução à Teologia

A teologia é uma ciência que estuda todas as coisas a respeito de Deus. Porém, esta não é uma explanação correta a respeito da teologia. A definição mais coerente sobre a teologia seria: um discurso a respeito das coisas de Deus, uma vez que Deus é um ser infinitamente superior ao homem, sendo uma audácia tremenda da parte do homem tentar estudar “Deus” em toda a sua plenitude e complexidade dentro de uma ótica científica humana. Existe um debate muito afinco sobre se a teologia é ou não uma ciência. Neste debate, defendemos que sim, a teologia é uma ciência. É bem verdade que se afirma por ciência aquilo que pode ser mensurado, testado, comprovado, experimentado. Contudo, apesar de Deus não estar sujeito a essas mensurações da ciência humana, a teologia em muitos momentos se utiliza dos métodos científicos, tanto que a anos, no Brasil, o MEC, Ministério da Educação e Cultura já reconhece a faculdade de teologia como ensino superior, permitindo também, àqueles seminaristas, que concluíram seus cursos teológicos em seminários maiores, fazerem convalidação mediante uma faculdade de teologia credenciada pelo MEC. No entanto, este processo de convalidação está sendo encerrado pelo MEC. A teologia pode ser dividida em vários ramos, sendo que os principais são: Teologia Sistemática, Teologia Prática, Teologia Bíblica e Teologia Histórica. As demais ramificações decorrem destas vertentes citadas anteriormente.

É importante mencionar que todo sacerdote religioso, em especial o cristão, que em sua função se utiliza da Bíblia e que tenha mais de cinco anos em atividades pastorais, comprovadas, podem, após fazer um ERT (exame de reconhecimento teológico) oferecido por alguns seminários de teologia, receber o seu diploma de teólogo, mais especificamente, constando em seu diploma o título de formação em Teologia Prática ou Pastoral, o segundo ramo citado nas ramificações da teologia feito anteriormente nesta introdução. É notório que se formos fazer aqui um apanhado aprofundado sobre todos os itens da teologia, nem se quer mil livros bastante calibrados comportariam todo o conteúdo. No entanto, far-se-á um discurso sobre cada item e pontos mais importantes desta tão importante ciência da religião, denominada: Teologia. Comecemos com a palavra teologia. Esta mesma palavra é de origem grega, sendo na verdade a junção de duas palavras: theos e logia, com seus significados respectivos: Deus e estudo (tratado, discurso), o que se traduz por: estudo acerca de Deus e das coisas relacionadas a Ele. Convém ressaltar que a teologia tem em seu bojo de estudo a teologia própria ou também chamada de teontologia (estudo do ser de Deus; onto: ser). Esta matéria da teologia estuda a pessoa de Deus, somente, e faz parte do ramo da Teologia sistemática.

É imprescindível frisar que o estudo teológico não responderá todas as perguntas. Existem coisas que somente saberemos no céu. Deuteronômio 29.29, diz que existem coisas que são encobertas, que ficarão ao conhecimento apenas de Deus, e outras que são reveladas para os homens, para que obedeçam. Não obstante, a Bíblia não é um livro de ciências ou para fins científicos, mas sim religiosos. Sl 139.6.

SE VOCÊ GOSTOU DESTE ARTIGO, COMENTE ABAIXO E SIGA ESTE BLOG.